fbpx

O Casamento Judaico de Silvia Berger e George Wachsmann (Jojo)

Você já viu algum filme de romance no qual os protagonistas se conhecem na adolescência, o tempo passa, eles se separam e depois de muitos anos, ocorre um reencontro?

Bom, se você gosta de histórias assim, temos uma boa notícia: no artigo de hoje, vamos falar sobre um caso de amor típico das dos filmes e séries de romance.

Conheça mais sobre a história de Silvia e Jojo e tudo o que aconteceu para que os caminhos deles se cruzassem novamente.

O primeiro encontro

Silvia Berger e Jojo se casaram quando ambos já tinham mais de 45 anos. Mas a história deles começou muito tempo antes.

Eles se conheceram quando  tinham apenas 15 anos! Ambos estavam viajando para um encontro de jovens da comunidade judaica em Nova York, nos Estados Unidos.

Apesar da amizade que lá nasceu, ainda não era o momento para que as almas se encontrassem por definitivo.

Silvia e Jojo voltaram para o Brasil, e a vida os levou para caminhos diferentes.

Tanto Jojo quanto a Silvia anos depois vieram a se casar e construíram suas famílias.

Ambos tiveram seus filhos e por muitos anos, foram felizes em seus primeiros casamentos.

Porém, como esse não era o destino escolhido por eles, se divorciaram e seguiram ainda assim por muitos anos.

Diversos reencontros ocorreram para que fosse realmente a hora das duas famílias se unirem e virarem seis!

A festa de casamento de Silvia e Jojo

31 de agosto de 2019. Para muitos de vocês, uma data comum. Mas para Silvia e Jojo, essa data representa o início de uma nova etapa da vida deles.

A cerimônia foi de fato, muito emocionante. Jojo fez questão de garantir que todos os amigos tanto do casal, como dos pais e dos filhos estivessem presentes. Não era o seu segundo casamento. Era o seu casamento com a Silvia.

O casamento teve várias surpresas. Jojo, para surpreender sua noiva, trouxe de NY um Chazan (cantor) que ela havia conhecido um ano antes e se encantado. Era um sonho até então impossível.

Silvia soube da surpresa no caminho para a Chupá (tenda sob a qual se realiza o casamento judaico), sob o som de Halleluia. Não conseguiu segurar o grito de emoção. Jojo nesse momento mal conseguia conter as lágrimas.

A festa que seguiu a cerimonia foi linda e cheia de emoções. Um dia que deixou muitas lembranças e saudades.

E essa linda história de amor de casa, nós só podemos chegar a uma conclusão: quando é para ser, de alguma forma, o destino faz acontecer.

 

O tempo muitas vezes, faz com que reencontros aconteçam de maneira inesperada. Após conhecer mais sobre a linda história de amor de casal, nós só podemos chegar a uma conclusão: quando é para ser, de alguma forma, o destino faz acontecer.

1 comentário em “O Casamento Judaico de Silvia Berger e George Wachsmann (Jojo)”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *