fbpx

As diferentes rendas para o seu vestido de noiva rendado

Renda-se – Conheça os tipos de rendas mais usados nos vestidos de noivas

Há diferentes tipos de rendas e muitas possibilidades para o vestido de noiva rendado, mas muitas mulheres não sabem disso e perdem a oportunidade de escolher o detalhe perfeito para o modelo de vestido.

Se a noiva fizer uma consulta com um agente especialista em casamento, é importante que esse profissional apresente para a noiva os diferentes tipos de rendas, principalmente em casos onde a noiva busca sozinha pelo vestido.

Quanto mais a noiva souber sobre as possibilidades de detalhes para o modelo, melhor será, pois assim ficará mais fácil de encontrar ou até mesmo encomendar o vestido ideal.

Tipos de rendas utilizados nos vestidos de noiva rendados

Conheça com esse artigo os tipos de rendas mais populares entre os modelos de vestido de noiva.

1 – Chantilly

O nome dessa renda é devido ao local em que esse tecido foi desenvolvido, a região de Chantilly na França e é a mais cara entre as rendas.

Essa é uma renda indicada para os modelos de vestidos que são mais leves e fluídos. Para quem prioriza o romantismo, essa renda é perfeita.

O que mais cativa na renda Chantilly é a sua transparência, considerada muito linda pelas noivas, já que são bastante utilizadas nos vestidos que possuem decotes e detalhes nas costas.

A composição do vestido é de 80% cotton e 20% poliamida.

Ao pesquisar bastante pela renda poderá ser encontrado diferentes preços pelo tecido, mas a média geral é de R$ 750,00 o metro.

2 – Soutache

Essa é uma renda mais pesada, devido ao fato de utilizar o fio de soutache para rebordar, desta maneira, é uma renda que tem menos caimento.

Utilizar o soutache com tecidos mais encorpados pode ser uma estratégia interessante, uma dica desse tipo de tecido é o zibeline. Recortar e reaplicar a renda no vestido poder ser uma forma de utilizar esse material.

A composição da renda é 100% viscose e seu valor pode chegar até R$ 250,00 o metro, porém na versão francesa a renda poderá custar até o dobro desse valor.

3 – Bordadas

É uma renda versátil, pois pode ser usada com miçangas, canutilhos e pedrarias e essa versatilidade estende aos valores da renda, que também varia bastante.

A composição é de 70% poliéster e 30% viscose e o material pode ser utilizado na construção do vestido inteiro ou apenas na parte de cima do modelo.

4 – Guipure

Como o soutache, a guipure é uma renda pesada e seu uso é bastante comum em vestidos estruturados.

Para a mulher que deseja o vestido de noiva rendado com esse material poderá optar por desenhos mais detalhados, pois a estrutura dessa renda permite recortes.

Aplicar a guipure no vestido ou no acabamento da saia pode fazer com o modelo fique bastante bonito.

A composição desse tipo de renda é de 100% algodão

5 – Italiana

A renda italiana é utilizada como substituta da renda francesa, diferenciada pelo design.

O melhor de tudo é que se trata de uma renda nobre e sua estrutura possui um bom caimento e é bem delicado em relação aos desenhos.

Trata-se de uma renda 100% poliéster e na hora de fazer a diferenciação entre a francesa e a italiana é só fazer o toque, já que a renda francesa é suave e mais delicada.

Renda-se!

São inúmeros tipos de rendas para o vestido de noiva rendado ideal, ou seja, é possível fazer com o que o modelo sonhado encontre o material perfeito para a idealização desse sonho.

Compartilhe esse artigo em suas redes sociais com amigos e familiares e deixe nos comentários qual é a sua renda favorita

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *